BLOG
Felipe Carvalho 24 de novembro de 2020

A importância de segmentar sua base de leads para ações mais eficazes!

Ao investir em estratégias de marketing digital, sobretudo quando se fala em e-mail marketing, é essencial adotar a segmentação da base de leads para tornar suas ações mais eficazes e trazer os objetivos estabelecidos previamente.

Mas, por que a segmentação é tão importante? A seguir, respondemos essa questão! Confira e veja, também, informações fundamentais sobre esse tema e transforme as ações de marketing digital de sua empresa!

O que é a segmentação da base de leads?

Trata-se da divisão de seu grupo de leads em outros menores e com características similares. Um bom exemplo disso é a segmentação geográfica, na qual é possível delimitar um grupo de leads e uma campanha a uma determinada região.

A segmentação é feita sempre entendendo o perfil dos leads, suas características e comportamento (como interage com sua empresa, produtos e serviços). Por isso, exige que tenha um volume mínimo de informações sobre os leads.

>> Leia também: O que é persona, lead e público-alvo? 

Por que a segmentação é importante?

A segmentação da base de leads é importante porque permite que a empresa alcance um grupo específico de consumidores, ou seja, aqueles que a marca realmente quer atingir e captar.

Quando se trabalha com campanhas, como as de e-mail marketing, sem segmentação, um dos problemas mais comuns é encaminhar mensagens para o público que não se quer atingir. Portanto, a efetividade é menor, representando perda de esforço e dinheiro.

Daí a importância da segmentação: é possível alcançar um nicho específico de consumidores ou potenciais consumidores. Ao mesmo tempo, a empresa consegue ter maior chance de atrair a atenção do lead, de despertar o desejo de compra e efetivamente realizar a venda, aumentando suas taxas de conversão.

Então, de maneira resumida, com a segmentação é possível garantir a maior assertividade de suas campanhas e gerar os resultados desejados.

Há, ainda, outros benefícios que a empresa obtém ao adotar esse recurso, como conseguir identificar qual o melhor canal para se comunicar com o lead, como melhorar seu relacionamento com a base, em quais segmentos os esforços devem ser concentrados e como aprimorar o atendimento prestado.

A segmentação também permite que a empresa cumpra requisitos da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), viabilizando o envio de conteúdo que é de interesse explícito do lead.

Tipos de segmentação da base de leads

Convencido da importância da segmentação da sua base de leads e deseja implementá-la em sua campanha de e-mail marketing para seguir práticas adequadas e ter maior assertividade? Neste caso, é importante conhecer os diferentes tipos de segmentação:

  • Dispositivos;
  • Estado civil;
  • Gênero;
  • Interesses;
  • Localização geográfica;
  • Mercado;
  • Interações com seu site e/ou campanhas anteriores;
  • Remarketing;
  • Cliente ou não cliente;
  • Renda;
  • Entre outros.

Ao utilizar esses diferentes tipos de segmentação, a empresa consegue conversar com o lead ideal no momento certo, o que aumenta suas taxas de conversão e traz resultados positivos ao crescimento e lucratividade do negócio.

Quando aplicar a segmentação?

A segmentação da base de leads pode ser aplicada em diferentes estratégias de marketing digital, como as que são listadas a seguir:

E-mail marketing

Muitas empresas pensam que o e-mail marketing não é tão eficaz como antigamente, mas é porque normalmente utilizam práticas inadequadas, como comprar ou trocar listas ou usar sua própria base de maneira incorreta, sem segmentação pelo interesse do lead.

Quando se segmenta, é possível garantir a assertividade da campanha de e-mail, cumprir normas da LGPD e ter uma melhor taxa de conversão, com impacto positivo nos resultados da empresa.

Se possível, além de adotar a boa prática da segmentação em campanhas de e-mail marketing também modernize esse processo utilizando ferramentas de automação de envio, o que facilitará seu trabalho de configuração.

Link patrocinado

A segmentação também é um poderoso recurso em estratégias de link patrocinado, porque permite direcionar a campanha exatamente para o público que se quer atingir, no momento ideal.

É possível implementar esse recurso durante a configuração da campanha, seja na plataforma de Google Ads ou Facebook Ads, por exemplo, segmentando a ação para conquistar os objetivos previamente estabelecidos.

No caso do Google Ads, a segmentação por palavra-chave é a mais comum, mas é possível trabalhar também com alternativas como dispositivos, informações demográficas, remarketing, entre outras.

Como segmentar sua base de leads?

O segredo para segmentar sua base de leads corretamente é pensar que pessoas possuem necessidades diferentes. Logo, é comum que tenham comportamentos variados, especialmente quando se fala em consumo, seja de informação, produtos ou serviços.

Portanto, é fundamental saber exatamente qual é o comportamento de seus leads para conseguir identificar em qual grupo o segmentar e como abordá-lo para ter maior efetividade em campanhas.

Mas, como a empresa pode saber qual é o perfil e comportamento dos leads? Simples: analisando os dados fornecidos, com que tipo de material eles interagem e como são seus hábitos de consumo.

Todas essas informações podem ser coletadas e usadas em estratégias de marketing digital, possibilitando estabelecer um melhor relacionamento com leads e maximizar as taxas de conversão da empresa.

Receba mensalmente conteúdo gratuito Saiba o que fazer para melhorar seus resultados com marketing digital. Inscreva-se em nossa newsletter e receba conteúdos em primeira mão.


    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

    Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de nossa Política de Privacidade. Para proteger seus dados pessoais respeitamos nossa Política de Privacidade. Ao seguir com a navegação e visita, você concorda com nossas Políticas.