+55 41 3042.0444 | +55 41 3287.4955 | +55 41 98501.7891

41 3042.0444 | 41 3287.4955 | 41 98501.7891

marketing digital como você nunca viu.

Botão Menu - Muito Mais Digital

Black Friday 2018. Estratégias de Marketing pra ter sucesso!

Todo lojista já sabe: o Natal é na última sexta-feira de novembro. Pelo menos grande parte das compras se dá nesse dia, quando ocorre a Black Friday. Principalmente na internet, é indiscutível a força dessa data e a importância para o faturamento das lojas virtuais. Em muitos casos, fatura-se num único dia o mesmo montante do restante do mês de novembro inteiro.

Números da Black Friday no Brasil

Interesse pelo assunto “Black Friday”

Vejamos primeiro o quanto a data ganhou relevância para o consumidor nos últimos anos.

De 2004 a 2008 a procura era praticamente zero. A partir de 2009 começou um movimento tímido de busca pela data, mas de 2012 pra cá, a Black Friday ganhou importância e caiu nas graças do consumidor. E é bom que leia-se B-L-A-C-K F-R-Y-DA-Y, e não “Black Fraude” (por favor, né1? Não vou nem comentar sobre isso).

Vendas nos últimos 3 anos

Enquanto a economia do Brasil balançou nos últimos anos, a Black Friday se mostrou um evento com potencial para alavancar as vendas de final de ano.

2017: R$ 2,1 bilhões
2016: R$ 1,9 bilhão
2015: R$ 1,5 bilhão

A estimativa para 2018 é que as vendas superem os R$ 2,3 bilhões somente na “sexta-feira negra”.

Estratégias de Marketing para a Black Friday

estratégias de marketing para black friday

Se você analisou que é viável para a sua empresa aderir a Black Friday, o próximo passo é definir as estratégias de marketing. Desde a negociação com os fornecedores para obter um desconto na compra dos produtos, até acordar com a empresa responsável pelas entregas se o prazo pode ser reduzido, tudo que envolve tornar a sua oferta a melhor possível faz parte das estratégias de marketing que devem ser planejadas para que a Black Friday seja um sucesso em vendas.

Abaixo listo algumas ações que podem trazer bons resultados se bem aplicadas:

– Negociação com os fornecedores para uma ação de marketing cooperado (cada um abre mão de um percentual da margem de lucro para que o produto tenha um preço atraente e novos clientes comprem na sua loja);

– Pesquisa prévia com os clientes e seguidores das redes sociais, para entender aquilo que eles desejam comprar na Black Friday e quanto esperam pagar (essa pesquisa deve ser feita aproximadamente 60 dias antes da Black Friday);

– Ativação de listas de público-alvo nas campanhas de Google Adwords e configuração para que os usuários permaneçam nas listas até 60 dias após visitarem a sua loja. Dessa forma, os usuários que visitarem sua loja durante a “pesquisa de preços” que se dá no período que antecede a Black Friday poderão ser impactados com uma mensagem especial no dia da promoção;

– Criação de páginas (hotsites) especiais com conteúdo específico e otimizadas para termos relacionados com a ‘Black Friday + o nome do seu produto’ (ex.: Black Friday de celular). Otimização SEO é sempre uma estratégia com excelente custo-benefício e apresenta um ROI (retorno sobre o investimento) interessante. Mas isso deve ser feito com pelo menos 60 dias de antecedência, para que haja tempo hábil da sua página ganhar relevância no ranking orgânico do Google.

– Criação de uma base de interessados nas ofertas da Black Friday para que recebam e-mails no dia da promoção (o ideal é que essa base comece a ser construída em torno de 45 dias antes da Black Friday). Algumas formas de captar esses interessados são: redes sociais, banner na loja, landing page com campanha de mídia, etc.;

– Pesquisa de concorrentes para saber como as outras lojas estão se preparando para a Black Friday. E no dia da Black Friday, reserve um tempo para visitar as lojas dos principais concorrentes e ver o que eles estão fazendo. Caso tenha algo que você possa aplicar rapidamente, faça. Mas caso não seja mais possível colocar em prática nessa Black Friday, anote a ideia para ver se ela continua válida no ano seguinte;

– Analise no Google Analytics – com antecedência – quais são os seus produtos mais visitados e tente ofertar as melhores condições nesses produtos (ex.: desconto mais agressivo, frete grátis, desconto progressivo para compras acima de X itens iguais, brinde na compra do produto, garantia estendida grátis ou mais barata, etc.);

– Mantenha o atendimento online da sua loja ativo durante as 24 horas da Black Friday. Não deixe um único cliente que tenha dúvida sem atendimento rápido, afinal, ele está com várias abas do computador abertas negociando a melhor condição para comprar;

– Comece a promoção desde a segunda-feira, com um “aquecimento” para a sexta. Tenha uma estratégia onde os benefícios vão “crescendo” até culminar com as melhores vantagens que devem estar ativas na sexta;

– Envie os primeiros e-mails marketing com os benefícios da sexta já na quinta, por volta das 22h. Nesse horário muitas pessoas já estão online e começando a comprar. De acordo com uma pesquisa encomendada pelo Google e realizada pela Provokers, mais de 90% dos consumidores pretendem comprar na Black Friday 2018;

– Tenha uma carta na manga para estender sua promoção ao longo do final de semana. Já é sabido que um percentual importante das vendas acontece nos dois dias posteriores à data;

– No dia da Black Friday, aumente os lances de CPC das suas campanhas de Adwords, principalmente das campanhas de Google Shopping, afinal, os seus concorrentes também farão isso em busca de visibilidade. Um valor recomendado de ajuste de lances é de 50%, ou seja, num clique que normalmente custaria R$ 1,00, aplique um ajuste para pagar até R$ 1,50;

– Utilize as listas de público-alvo criadas para impactar os usuários através do remarketing. Como eles já visitaram e conhecem a sua loja, as chances de voltarem para comprar são grandes;

– Caso tenha recursos financeiros, invista na diversificação de canais para comprar mídia. Google Adwords, Facebook, portais, mídia programática, e-mail marketing, etc. Quanto mais diversificada for a sua estratégia, maiores serão as suas chances de vender;

– Negocie com as empresas de entrega – se possível – para que os pedidos realizados durante a Black Friday tenham um tratamento especial e sejam entregues em prazo menor. Gerando um volume de pedidos maior, todos os envolvidos ganharão na quantidade e o cliente final ficará feliz e terá um motivo a mais para comprar na sua loja, afinal, ninguém quer comprar um produto hoje e demorar uma eternidade para recebe-lo, não é mesmo?

É hora de começar a planejar a sua Black Friday!

planejamento para black friday

Não deixe para depois. A Black Friday é a data mais importante do varejo online no Brasil. Comece hoje mesmo a planejar a sua Black Friday. Faça tudo que for possível para que a sua loja tenha uma Black Friday de sucesso.

Se precisar de uma consultoria de marketing digital para a sua loja, fale conosco. Temos algumas Black Friday’s de experiência ; )

>> Leita também: 5 dicas para aumentar as suas vendas a partir deste mês!

Felipe Carvalho

Felipe Carvalho

Bacharel em Comunicação Social - Habilitação em Publicidade e Propaganda, pela PUC-PR. Certificado avançado em Google Adwords (pesquisa, display, shopping, vídeo e apps). Certificado em Inbound Marketing e RD Station, pela Resultados Digitais. Atua no mercado de marketing há mais de 10 anos, com foco em search marketing desde 2010.

Ligue Agora