Gestão de Tráfego Pago (Google e Social Ads)

Link patrocinado é um formato de anúncio pago muito utilizado na internet. Desde buscadores, como o Google e o Bing, passando por grandes sites, como o Mercado Livre, diversas empresas possuem seus sistemas de leilão para anúncios de links patrocinados. Já no caso do Facebook e de outras redes sociais a modalidade de anúncios pagos geralmente é baseada no CPM (custo por mil impressões) onde o anunciante paga pela exibição do anúncio para o público definido.

Dentro do contexto do marketing digital, os links patrocinados têm grande destaque atualmente, pois costumam apresentar uma boa relação custo-benefício e um ROI (retorno sobre o investimento) mais expressivo do que outros formatos de anúncios. Mas é bom ressaltar que uma campanha de links patrocinados sempre será mais eficaz se estiver em execução juntamente com outras estratégias, como a otimização SEO do site, gerenciamento de redes sociais, relacionamento através do envio de e-mail marketing, dentre outras.

Um dos sistemas de leilão mais conhecidos e utilizados no formato de links pagos é o do Google. O Google Ads é a ferramenta pela qual se faz toda a gestão das campanhas de links patrocinados, desde a criação da conta até a configuração das campanhas e o pagamento das faturas (via boleto ou cartão). O profissional que gerenciar esse tipo de campanha é conhecido como gestor de tráfego.

como funciona os links patrocionados?

Na maioria das vezes o link patrocinado funciona no sistema de CPC (custo por clique), ou seja, o anunciante define um valor máximo que deseja pagar por cada palavra-chave e paga somente quando é clicado, diferente dos sistemas que cobram por cada visualização do anúncio (os chamados CPM). Caberá ainda ao anunciante escolher como fará o pagamento para os veículos, dependendo das modalidades ofertadas. As mais comuns são o boleto (pré-pago) ou o cartão (pré ou pós-pago).

O link patrocinado é uma ótima opção para empresas de todos os portes, pois geralmente o valor de investimento mínimo exigido é baixo.

Anunciando na internet, pequenas e médias empresas podem “competir” com as grandes e conseguirem um destaque maior do que seria possível nas mídias off-line. Para isso, é recomendado o uso de segmentação nas campanhas, a fim de que sejam exploradas as melhores palavras-chave, horários e dias. É possível anunciar todos os dias (de domingo a domingo) ou mesmo escolher anunciar somente nos dias e horários comerciais, por exemplo.

Google Ads ou links patrocinados no Facebook? Onde Investir?

O Google Ads dá a opção de configurarmos campanhas baseadas em ‘palavras-chave’ ou no ‘comportamento do usuário’. Independente do tipo de campanha escolhida, elas podem ter como objetivo o topo, meio ou fundo do funil, ou seja, atrair visitantes para um site ou landing page que estejam mais distantes ou mais próximos do momento de compra.

Já os links patrocinados no Facebook podem ser configurados de acordo com o ‘perfil’ ou com o ‘comportamento do usuário’. Principalmente a opção de configuração baseada no perfil oportuniza o alcance de usuários que fazem parte do público-alvo da empresa ou produto, mas que não estavam buscando ativamente por um determinado item ou serviço.

  • GOOGLE ADS
    • Compra de tráfego por palavras-chave ou comportamento. Ex.: tênis de corrida (palavra-chave) e praticantes de esportes ao ar livre (comportamento do usuário identificado pelos algoritmos).
    • Campanhas na rede de pesquisa, rede de display, Gmail, Google Shopping, Youtube, etc.
  • FACEBOOK ADS
    • Compra de tráfego por perfil ou comportamento. Ex.: homens e mulheres acima de 25 anos que pratiquem corrida (perfil) e visitantes da página de tênis de corrida (comportamento do usuário).
    • Campanhas de alcance, visualização de vídeo, tráfego para o site, formulário de lead, conversa via Messenger ou Whatsapp, etc.

No exemplo acima, percebe-se que uma campanha não anula a outra, tão pouco pode-se afirmar precocemente que uma das duas será mais eficaz, portanto, para uma estratégia de marketing com mais chances de alcançar o resultado esperado, é indicado investir tanto no Google Ads, quanto nos links patrocinados do Facebook.

Para fins de planejamento, é importante levar em conta que, geralmente, as campanhas de Google Ads trazem resultados mais em curto prazo, enquanto no Facebook a tendência é que o resultado venha em médio prazo (dependendo do segmento e do produto). Caso sua verba de marketing seja restrita, alinhe sua expectativa de retorno a essas características.

CONFIRA NOSSOS
CASES DE SUCESSO

Como criar uma conta no Google Ads?

Criar uma conta no Google Adwords é muito fácil. Basta ter um e-mail do Gmail e acessar o link https://ads.google.com/home/. Será preciso preencher alguns dados para a configuração da conta e também inserir as informações de faturamento. Após escolher como será feito o pagamento uma campanha poderá ser ativada.

Outros sistemas de anúncios via link patrocinado funcionam de forma semelhante, mas em alguns casos será necessário entrar em contato com o veículo em questão para fazer o cadastro. Já no Facebook, é preciso ter uma fanpage para veicular anúncios via Facebook Ads.

É importante que o anunciante tenha posse total da sua conta. Por vezes, ao contratar uma agência, alguns anunciantes acabam deixando tudo na mão da agência e se esquecem de exigir que seja criada uma conta exclusiva para a gestão dos seus anúncios. Os problemas mais comuns quando esse tipo de coisa acontece são a perda dos dados e do histórico quando se troca de agência e a dificuldade para ter acesso às notas fiscais relacionadas aos pagamentos.

Como criar uma conta no Google Ads?

Quais são os formatos de campanhas e anúncios possíveis no Google Ads?

Basicamente, os formatos de campanhas possíveis são:
Quais são os formatos de campanhas e anúncios possíveis no Google Ads?

• Rede de pesquisa: campanha com anúncios de texto que será acionada sempre que uma palavra-chave estiver qualificada para exibir um anúncio, seja no resultado de pesquisa do Google ou de sites parceiros;

• Rede de display: campanha com anúncios de texto, gráficos (banners e rich media) e/ou anúncios responsivos que será exibida em sites parceiros do Google de acordo com a configuração escolhida: palavra-chave (termos de pesquisa utilizados pelo usuário na busca do Google e/ou palavras contidas no conteúdo do site parceiro), tópicos (classificação temática do site parceiro) e/ou interesse (perfil de navegação histórico do usuário);

• Google Shopping: anúncio da listagem de produtos de um site. Para este tipo de campanha, é preciso ter uma conta no Google Merchant Center (https://www.google.com/retail/merchant-center/) e enviar um arquivo com os dados relacionados aos produtos. As campanhas de Shopping são muito utilizadas pelos e-commerces;

• Remarketing: campanha com objetivo de re-impactar usuários que já tenham acessado um determinado site ou página e trazê-los novamente para efetuar uma conversão (venda, cadastro, envio de orçamento, etc);

• Vídeo: campanha onde o anúncio pode ser exibido antes, durante ou depois a execução de vídeos no Youtube e na rede de display do Google, de acordo com segmentações pré-definidas (de forma semelhante às configurações da campanha na rede de display);

• Aplicativos: campanha para promoção de aplicativos nas redes de pesquisa, display e no Youtube, com possibilidade do usuário fazer o download e instalação do aplicativo.

Para cada tipo de campanha e anúncio o importante é conhecer muito bem o perfil do público alvo e qual costuma ser o comportamento dele na internet. Não existe uma receita de bolo a ser seguida. Testar diversas possibilidades costuma ser a maneira mais eficaz de se atingir os objetivos.

Existe diferença entre Google Ads e SEO (otimização de sites)?

Sim. Existem várias diferenças entre os Google Ads e o SEO (otimização de sites). Começando pelo local onde ambos são exibidos no resultado de pesquisa do Google (e dos demais buscadores).

Existe diferença entre Google Ads e SEO (otimização de sites)?

Além disso, nos links patrocinados há cobrança a cada clique que o anúncio recebe, enquanto que no resultado orgânico (fruto do trabalho de SEO) a empresa não precisa pagar pelos cliques recebidos.
Uma campanha de links patrocinados, no caso do Google, é gerenciada através da ferramenta Google Ads. É através dessa ferramenta que se faz toda a configuração da campanha. Já no caso do SEO, diversos fatores do site (on page e off page) são trabalhados para que ele tenha uma boa reputação e relevância e alcance os melhores resultados possíveis.

Algumas vantagens de investir em Google Ads são:

  • Geralmente o retorno vem em curto prazo;
  • Podem-se utilizar informações das campanhas de Adwords para aprimorar um projeto de SEO;
  • É possível trabalhar com um grande número de palavras-chave ao mesmo tempo e de forma segmentada;
  • Dias, horários, locais e outras segmentações podem ser configurados facilmente;
  • Estão disponíveis diversos formatos de anúncios diferentes (texto, banner, vídeo, etc);
  • Aumento do tráfego (número de visitantes) do site, de forma rápida;
  • Alcance de clientes em potencial, com intenção de compra.

Apesar de diferentes, as estratégias de links patrocinados e SEO são complementares. Confira em nossa página de otimização de sites mais algumas informações importantes.

Agência de Links Patrocinados. Contrate uma empresa parceira oficial do Google!

Quando for contratar uma agência de links patrocinados para fazer o gerenciamento do Google Ads, o mais indicado é escolher uma dentre as parceiras oficiais do Google. Para ser uma parceira oficial, a agência precisa ter ao menos um profissional certificado e gerenciar uma verba mensal mínima, ou seja, as chances de um projeto ter sucesso são maiores.

A agência Muito Mais Digital possui dois profissionais certificados em níveis avançados. Confira nosso perfil no Google Partners:

Muito Mais Digital

Confie sua estratégia de marketing digital e as campanhas de links patrocinados da sua empresa a uma agência com know-how comprovado. Entre em contato e solicite um orçamento personalizado!

QUER SER O
PRÓXIMO A TER UM
CASE DE SUCESSO?
Receba mensalmente conteúdo gratuito Saiba o que fazer para melhorar seus resultados com marketing digital. Inscreva-se em nossa newsletter e receba conteúdos em primeira mão.


    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

    Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de nossa Política de Privacidade. Para proteger seus dados pessoais respeitamos nossa Política de Privacidade. Ao seguir com a navegação e visita, você concorda com nossas Políticas.