+55 41 3042.0444 | +55 41 3287.4955 | +55 41 98501.7891

41 3042.0444 | 41 3287.4955 | 41 98501.7891

marketing digital como você nunca viu.

Botão Menu - Muito Mais Digital

O que as pessoas esperam e os produtos mais desejados para a Black Friday 2016

Que a Black Friday já se tornou a data mais esperada do varejo na internet por lojistas e consumidores, talvez não seja uma novidade pra você, mas e quais são as expectativas das pessoas quanto às promoções, benefícios e os produtos que elas desejam comprar… Isso você sabe?

Muito além dos eletrônicos e eletro portáteis, a Black Friday atende a uma demanda cada vez mais variada de produtos e traz para a internet muitos e-consumidores de “primeira viagem”, o que faz com que, a cada ano que passa, a data cresça exponencialmente em faturamento.

De acordo com levantamento da E-bit – Webshoppers, em 2015, somente no dia da Black Friday (sexta-feira), foram mais de 1,6 bilhão de reais em transações. Esse número representa as vendas de todo o período de Dia das Mães (na internet). Enquanto o e-commerce cresceu 15% em 2015, comparado com o ano anterior, a Black Friday cresceu incríveis 38%.

Evolução da receita da Black Friday

Evolução da receita da Black Friday

O mobile na Black Friday

O seu site é adaptado para o mobile? Seja sincero: o seu visitante tem uma boa experiência na sua loja virtual ao acessar via tablets e/ou smartphones? Saiba que no Brasil já somos mais de 102 milhões de usuários de smartphones, 30% dos internautas do país acessam a rede exclusivamente via mobile e 45 a 60% das buscas realizadas são feitas em dispositivos móveis (e dependendo do segmento esses números podem ser até maiores). Aqui deixo duas dicas:

Primeira dica: faça de tudo para que o seu site esteja com a versão mobile redondinha até a Black Friday deste ano. Isso vai te ajudar a vender mais;

Segunda dica: se não conseguir a versão mobile do seu site até a Black Friday, pause todas as campanhas de mídia possíveis que estejam rodando em dispositivos móveis (ex.: no Google Adwords é possível dar lances de -100%, ou seja, zerar sua participação no leilão para dispositivos móveis). É melhor sua loja não aparecer nestes dispositivos do que consumir verba, frustrar os visitantes e não realizar pedidos!

O que as pessoas levam em conta na hora da decisão de compra

Esses dados não valem somente para a Black Friday, mas eles são ainda mais latentes nesta data. Veja abaixo os fatores que influenciam a decisão de compra dos consumidores no comércio eletrônico:

Fatores que influenciam a decisão de compra

Fatores que influenciam a decisão de compra

 

Ficou claro pra você o quanto é importante negociar com fornecedores os melhores preços, condições e formas de pagamento, manter a loja sempre com boa reputação nos sites de avaliações e ofertar produtos de marcas reconhecidas na sua loja? A soma desses fatores faz com que praticamente todos os aspectos que influenciam o consumidor na hora da compra sejam atendidos, aumentando muito as suas chances de conversão.

Dica extra: se possível, oferte a possibilidade de múltiplas formas de pagamento, como o pagamento com dois cartões, dividir o valor entre cartão e boleto, etc. Certifique-se de todas as possibilidades que a sua plataforma de e-commerce disponibiliza e ative-as para que o consumidor não tenha “desculpa” para ir embora sem comprar!

Segurança também é importante!

Segurança é fator levado em conta na hora da compra

Para 63% dos e-consumidores, se preço, prazo e frete são iguais em duas ou mais lojas, o fator de desempate é a segurança!

O que as pessoas valorizam neste caso é um site confiável, onde possam inserir os dados pessoais sem problemas!

Fonte: Provokers – Agosto 2016

Os produtos mais desejados para a Black Friday

Dentre os produtos que os consumidores consideram comprar nos próximos 6 meses, alguns se destacam pela pretensão de compras durante a Black Friday. Confira os produtos e os percentuais de intenção de compras:

Celulares e Smartphones – 44%
Calçados – 42%
Roupas femininas – 39%
Informática (notebook, computadores, tablets, etc) – 35%
Perfumes – 34%
Tênis/calçados esportivos – 34%
Acessórios (bolsa, mochila, boné, relógio, etc) – 34%
Produtos para cabelo, corpo e maquiagem – 32%
Eletro portáteis (batedeira, liquidificador, ferro de passar, etc) 32%
Eletrodomésticos (geladeira, fogão, micro-ondas, etc) – 29%
Roupas masculinas – 28%
Passagens aéreas/hotéis – 28%
TV – 21%
Móveis – 21%
Brinquedos – 21%
Roupa esportiva/roupa de academia – 20%
Games (consoles e jogos) – 17%
Serviços financeiros (cartão de crédito, seguros, etc) – 15%
Autopeças e acessórios – 14%
Áudio/Vídeo (home theater, soundbar, aparelho de som, etc) – 13%
Artigos esportivos (bicicleta, bola, kimono, etc) – 12%
Cursos de graduação, pós-graduação e outros – 12%
Veículos novos ou usados (carro e moto) – 9%
Imóveis novos ou usados – 6%

Como estão as suas estratégias para a Black Friday? Confira no link um post com 10 estratégias que vão turbinar as suas vendas!

A Black Friday nunca foi tão esperada, tanto por lojistas, quanto por consumidores. As buscas por ‘descontos e promoções’ aumentou muito no Brasil nos últimos meses (devido ao cenário econômico, dentre outros fatores). De 2014 a 2016, o crescimento nas buscas por ‘preços’ foi superior a 60%, de acordo com dados internos do Google.

Como você está se preparando para essa data tão importante? A Black Friday é o ponto de partida para um período sempre muito estimulado pelo varejo para compras, pois antecede o Natal e as liquidações de final e início de ano. Se precisar de ajuda para melhorar as suas vendas e as estratégias de marketing digital do seu negócio, fale com a gente (entre em contato por aqui).

Felipe Carvalho

Felipe Carvalho

Bacharel em Comunicação Social - Habilitação em Publicidade e Propaganda, pela PUC-PR. Certificado avançado em Google Adwords (pesquisa, display, shopping, vídeo e apps). Certificado em Inbound Marketing e RD Station, pela Resultados Digitais. Atua no mercado de marketing há mais de 10 anos, com foco em search marketing desde 2010.

Ligue Agora