BLOG
Logo Muito Mais Digital
Muito Mais Digital 24 de fevereiro de 2022

O que é Metaverso e como preparar a minha empresa?

Afinal, o que é Metaverso?
Quando o Metaverso surgiu?
Quando o Metaverso se tornará realidade?
Como preparar sua empresa para o Metaverso?


Em 2021, especialmente no fim do ano, a palavra Metaverso se tornou tendência na internet. Trata-se de um termo usado para designar um espaço virtual compartilhado, onde as pessoas poderão acessar por meio de equipamentos especiais.

Curiosamente, o termo está em alta desde que Mark Zuckerberg anunciou que a empresa Facebook agora se chama Meta, de Metaverso. Na ocasião, ele disse que o foco da companhia agora é estar no mercado de realidade virtual (VR) e de realidade aumentada (VA).

Afinal, o que é Metaverso?

A palavra Metaverso é utilizada para designar um ambiente virtual que se caracteriza por ser imersivo, hiper-realista e coletivo. Nele, as pessoas podem conviver usando avatares customizados em 3D, algo que já vemos em games, por exemplo.

Mas, o Metaverso traz isso de uma forma avançada e aprimorada. A proposta é vivenciar um ambiente virtual por dentro, de maneira imersiva. É justamente por isso que ele tem sido encarado como uma evolução da internet que conhecemos hoje.

Uma das formas de acessar esse ambiente virtual pode ser, por exemplo, usar óculos especiais, fones de ouvido e sensores, conseguindo acessar um mundo virtual online que incorpora a realidade aumentada.

Como é possível perceber, trata-se de um espaço fictício. Portanto, o céu é o limite e dá para inventar qualquer coisa nesse ambiente virtual.

Empresas que investem em tecnologias para o Metaverso afirmam que as pessoas conseguirão interagir, colaborar e aprender nesses ambientes virtuais de maneira mais completa do que a internet proporciona atualmente.

Um exemplo claro disso é a reunião virtual de trabalho, que ganhou força e virou rotina após a pandemia de covid-19. No Metaverso, a reunião poderá acontecer em um ambiente virtual mais interativo, sem precisar sair de casa.

Mas, há um detalhe importante: vivenciar esse ambiente virtual da forma como é vendido atualmente ainda não é possível. É preciso que empresas desenvolvam as tecnologias que serão utilizadas para que o conceito se torne uma realidade para a população.

Além disso, há outro ponto fundamental: essa tecnologia precisa se tornar acessível a toda a população. Do contrário, ficará restrita a um grupo limitado, sem ser inclusivo.

Quando o Metaverso surgiu?

quando surgiu o metaverso

O termo apareceu pela primeira vez em um livro de ficção científica do escritor Neal Stephenson. A obra se chama Snow Crash e foi publicada em 1992.

Nela, Hiro Protagonist é um entregador de pizzas no mundo real. Já no virtual, ele é um hacker samurai. Essa realidade virtual foi batizada pelo autor do livro como Metaverso.

Há outras obras de ficção que trabalham com esse conceito, como Ready Player One, de Ernest Cline, que foi publicada em 2011. O enredo mostra personagens que passam horas num videogame numa tentativa de fugir de sua vida real, que é difícil. O diretor Steven Spielberg foi o responsável por adaptar a obra ao cinema em 2018, filme que recebeu o nome de Jogador No. 1.

Outro dado que muitos desconhecem é que Mark Zuckerberg não é o primeiro a tentar vender a vida Metaverso. Em 2003, a Liden Lab lançou o game Second Life, que cria um ambiente virtual em 3D para simulação da vida real.

Mas, o jogo não se firmou como tecnologia inovadora. Um dos motivos apontados é a falta de uma economia digital na época, para que os gamers ganhassem dinheiro.

Curiosamente, isso já é possível hoje, especialmente com as criptomoedas, o que pode dar mais força ao Metaverso atualmente. 

Para quem se interessa por games com esse conceito, há vários disponíveis no mercado, como Minecraft, Fortnite e Roblox.

Quando o Metaverso se tornará realidade?

metaverso é realidade?

Embora esse conceito tenha movimentado a internet após o anúncio da mudança do nome da empresa de Zuckerberg, vivenciar isso ainda parece ser algo distante.

O que se tem hoje no mercado que se aproxima desse conceito são jogos. Ainda não há uma tecnologia no mercado que ofereça essa imersão em um ambiente virtual no qual é possível ser e fazer o que quiser.

Quando anunciou a Meta, Mark Zuckerberg disse que o Metaverso pode ser parte da nossa rotina daqui a cinco ou dez anos. Mas, o consenso do mercado é que não se trata de algo a ser implementado em curto prazo.

Vale lembrar que inovações tecnológicas demoram bastante para serem implementadas, principalmente no Brasil. Um ótimo exemplo disso é a tecnologia 5G, que é aproximadamente 100 vezes mais rápida que o 4G e mais estável.

No Brasil, o 5G está em fase de implantação e pode demorar até quatro anos para ficar disponível para todos os usuários de redes móveis e banda larga.

Sabe o que já é realidade e a sua empresa não pode deixar de investir?
SEO – otimização para a busca do Google

Como preparar sua empresa para o Metaverso?

Metaverso e as empresas

Apesar do assunto estar em alta, ainda é cedo para dizer se o Metaverso realmente é uma tendência que será seguida por consumidores e como eles se comportarão com essa novidade.

O que se sabe é que as empresas enfrentarão novos desafios nos próximos anos se quiserem investir nesse segmento. Uma das formas de a empresa se preparar é começar a pensar em como utilizar esse ambiente a seu favor, para gerar novas oportunidades de negócios.

Ele será um novo canal para a empresa, oferecendo uma possibilidade extra de aquisição de clientes. Além disso, ele demandará novas métricas para acompanhamento de resultados.

A criação de conteúdo é algo que pode mudar nesse ambiente virtual. No Metaverso, o foco é a experiência interativa por meio da realidade virtual e realidade aumentada. 

O Metaverso também demandará que a empresa proporcione uma experiência diferenciada ao cliente, começando pesquisas do zero para entender o comportamento do usuário da rede.

Mas, a empresa deve abandonar suas estratégias de marketing digital hoje para apostar no ambiente virtual? Como se trata de algo novo, o ideal é que a empresa siga suas estratégias, esteja ciente sobre as possíveis mudanças e acompanhe o diálogo que é feito em torno desse tema. 

Assim, conseguirá se adaptar e aproveitar antecipadamente oportunidades conforme o Metaverso se torne uma realidade para toda a população. Caso necessite de ajuda para se atualizar sobre o tema, continue acompanhando nosso blog para conhecer as principais novidades!

Quer ficar por dentro das tendências do marketing digital para 2022? Leia essas duas publicações do nosso blog:

Tendências do marketing digital 2022 – parte 1

Tendências do marketing digital 2022 – parte 2

Receba mensalmente conteúdo gratuito Saiba o que fazer para melhorar seus resultados com marketing digital. Inscreva-se em nossa newsletter e receba conteúdos em primeira mão.


    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

    Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de nossa Política de Privacidade. Para proteger seus dados pessoais respeitamos nossa Política de Privacidade. Ao seguir com a navegação e visita, você concorda com nossas Políticas.