+55 41 3042.0444 | +55 41 3287.4955 | +55 41 98501.7891

41 3042.0444 | 41 3287.4955 | 41 98501.7891

marketing digital como você nunca viu.

Botão Menu - Muito Mais Digital

O que esperar de mais uma Black Friday? Dados sobre a data mais esperada por consumidores e lojistas!

Mais uma Black Friday se aproxima. E mais uma vez surgem os questionamentos: qual é a melhor estratégia para a Black Friday? O que fazer? O que não fazer? Como aproveitar ao máximo o potencial de vendas desse período? Vamos começar falando um pouco sobre a data.

A Black Friday é muito mais do que uma sexta-feira.

Para aqueles que acham que a Black Friday acontece na última sexta-feira do mês de novembro, está na hora de rever seus conceitos. Para os consumidores, a Black Friday já se inicia entre o final de agosto e o começo de setembro, quando eles passam a planejar o que pretendem adquirir e realizam as primeiras pesquisas de preço. De acordo com levantamento apresentado pelo Google, quase 70% das compras são planejadas ou fruto de uma oportunidade, como no caso da compra de um produto de uso recorrente – muito comum no segmento de beleza, por exemplo.

Quer vender mais na Black Friday? Você precisa investir!

Quer vender mais na Black Friday? Você precisa investir!

As vendas também já não estão concentradas somente na sexta-feira. 21% da receita é gerada nos dias que antecedem (segunda a quinta) e nos dias subsequentes à Black Friday (sábado, domingo e segunda), sendo que o ticket médio de quem compra nesses dias “fora da Black Friday” é maior, alcançando em torno de R$ 1.500,00.

Quer vender mais na Black Friday? Invista mais também!

Você sabia que na Black Friday chega-se a vender 15x mais do que numa sexta-feira comum? Pois é. Por isso, se você planeja alcançar (ou até mesmo superar) esse patamar, esteja preparado para investir proporcionalmente mais. O aumento no número de pedidos não vem num toque de mágica. Nesse período todos os anunciantes injetam mais dinheiro em suas campanhas, ou seja, a concorrência fica maior.

Para calcular o quanto investir, pense no valor que você gostaria de vender. Faça as contas levando em consideração seu ROI e/ou custo por aquisição médios e ainda considere uma margem extra, pois muitos lojistas aceitam “pagar mais caro pela conversão” na Black Friday, ou seja, na prática, pode ser que se você investir 50% a mais do que num período comum, não consiga trazer necessariamente 50% a mais em receita.

Enxergue a Black Friday como uma OPORTUNIDADE futura.

É claro que vender mais no período da Black Friday é o desejo e deve ser o objetivo de todo lojista, mas há que se levar em conta a oportunidade futura proporcionada pela data. Captar leads e trabalhar com eles em outros momentos (como nas compras de Natal) também tem muito valor.

Pode ser que na Black Friday em si algum fator externo impeça o usuário de realizar uma compra na sua loja, mas se você se esforçou em trazê-lo para o seu site e chegou a convertê-lo num lead (ele deixou o e-mail em algum formulário ou banner promocional) use isso a seu favor – de forma estratégica – nos períodos subsequentes.

Novos e-shoppers = atenção redobrada!

Você sabe o que são e-shoppers? É simples: eles são os consumidores que compram em lojas virtuais. E cada vez mais os novos e-shoppers têm sua primeira experiência de compra na internet justamente na Black Friday. Por essa razão, mais do que nunca você precisa ter certeza de que o seu site não vai “meter medo” nesses usuários.

Verifique se todos os aspectos de segurança do seu site estão em dia, como o certificado SSL. Além disso, é bom que a navegação da loja esteja redondinha, pois a experiência do usuário vai contar muito nesse momento. Se por algum motivo esse novo consumidor online se sentir inseguro ou mesmo “perdido” dentro do seu site, ele não vai pensar duas vezes antes de ir embora (geralmente para o site de um concorrente).

Preço e confiança: é isso que os e-shoppers avaliam antes de comprar.

Quer vender cada vez mais? Seja na Black Friday ou em qualquer época do ano? Fique em cima desses dois fatores: preço e confiança. É nisso que os consumidores se apegam na hora da decisão por comprar ou não numa determinada loja.

Seu preço é competitivo? Seu valor gera confiança?

Seu preço é competitivo? Seu valor gera confiança?

Para 49% dos e-shoppers, preço é o principal fator decisivo na hora de comprar. Já para 40% deles, a confiança na loja e na marca também influenciam diretamente na escolha.

Monitore o preço da concorrência para ter certeza de que você é competitivo e, mais uma vez, não deixe brechas em sua loja que possam causar medo nos usuários.

Não é só questão de preço. Tem que parcelar também!

Pagar as compras via cartão de crédito, e de forma parcelada, é a opção da maioria. Enquanto 48% dos e-shoppers preferem pagar suas compras no crédito parcelado, apenas 13% optam pelo cartão de crédito “à vista”, 12% pelo boleto e 2% pelos sistemas de pagamento (ex.: PagSeguro, PayPal, etc.).

Não adianta querer fugir disso. Tenha uma boa negociação com as operadoras de cartão, calcule bem as suas margens, seus custos fixos, dentre outros fatores financeiros, e oferte pagamento parcelado na sua loja.

Confira aqui um post do nosso blog sobre como calcular o preço de venda de um produto. Ele pode te ajudar muito!

É hora de acelerar… Mas com planejamento!

E aí: preparado para vender acima da média nessa Black Friday? É chegado o momento de começar a negociar com fornecedores, definir verba de marketing, estruturar as campanhas e pisar fundo para fazer bonito em mais uma edição do verdadeiro “natal para os lojistas”.

Felipe Carvalho

Felipe Carvalho

Bacharel em Comunicação Social – Habilitação em Publicidade e Propaganda, pela PUC-PR. Certificado avançado em Google Adwords (pesquisa, display, shopping, vídeo e apps). Certificado em Inbound Marketing e RD Station, pela Resultados Digitais. Atua no mercado de marketing há mais de 10 anos, com foco em search marketing desde 2010.