+55 41 3042.0444 | +55 41 3287.4955 | +55 41 98501.7891

41 3042.0444 | 41 3287.4955 | 41 98501.7891

marketing digital como você nunca viu.

Botão Menu - Muito Mais Digital

Saiba como vender pelo Facebook quando ninguém quer comprar (apenas se informar e se divertir)!

As pessoas não querem comprar nada pelo Facebook, mas você pode vender para elas. Por mais contraditória que essa frase pareça, é a mais pura verdade. Exceto nos casos específicos de grupos de compras, trocas, desapego, etc., ninguém em sã consciência acessa o Facebook pensando em comprar uma máquina de lavar roupas ou procurar por uma empresa de piso laminado.

As pessoas vão para o Facebook para se informar, entreter, conversar com os amigos e compartilhar “momentos”. E é justamente entendendo isso que você pode se beneficiar, já que essas ocasiões despertam mais o lado emocional e menos o lado racional – o que pode facilitar a sua abordagem. Descubra um passo a passo de como ganhar dinheiro no Facebook.

Defina sua Persona: esse é o começo do caminho!

Definição de Persona

Antes de sair postando feito um louco, você precisa entender com quem está falando. Definir a persona é o primeiro passo para que o seu conteúdo seja eficiente. A persona é a representação do seu cliente ideal. Pensando de maneira um pouco mais ampla, a persona pode ser considerada uma descrição mais detalhada do seu público alvo.

Exemplo de público alvo:

homens, de 35 a 40 anos, que gostam de futebol.

Exemplo de persona:

Roberto, 37 anos, casado (tem filhos), torcedor fanático que não perde um jogo do seu time de coração, se reúne com os amigos para assistir aos jogos e fazer um churrasco, gosta de tirar sarro dos amigos que torcem para times adversários…

Perceba que há diferença entre a definição de público alvo (aspectos demográficos) e a definição de persona (aspectos emocionais). E fica evidente que conhecendo a persona o planejamento de um conteúdo será muito mais eficaz.

Engaje seu público e torne-se uma referência no assunto.

Torne-se uma autoridade nas redes sociais

Fazer marketing no Facebook é muito mais do que postar incessantemente o folder da sua empresa. Vai além de ficar repetindo: compre, alugue, peça orçamento, aqui é mais barato, e blá, blá, blá. Aposte em engajamento, crie uma relação de confiança com as pessoas e mostre que você é uma autoridade em determinado assunto.

Se a sua empresa vende seguro para veículos, mapeie quais são as principais “dores”, as dúvidas mais frequentes e as necessidades mais comuns da sua persona (ou das personas, no plural). Crie conteúdos como: quais os tipos de seguros e como escolher o melhor para você, o que é uma franquia de seguro, diferenças do seguro para homens e para mulheres, seguro para carros antigos, etc.

Na hora de transformar todas as ideias em posts, tenha um cronograma e mantenha uma frequência, dessa forma, as pessoas saberão que todo dia X você publica um conteúdo Y e que isso pode interessa-las. Aos poucos, você terá um público engajado e sendo “educado” dentro de um assunto do seu interesse. E seu o seu conteúdo for realmente bom, começará a gerar compartilhamentos, comentários, menções a amigos das pessoas nos comentários, e assim por diante.

Outro aspecto muito importante a ser considerado para gerar engajamento e aumentar o alcance dos seus conteúdos é pensar no formato em que ele será disponibilizado. Um conteúdo pode ser maravilhoso, mas se ele estiver num formato inadequado para o público que irá consumi-lo, toda estratégia pode acabar comprometida. Pense na melhor solução: texto, infográfico, vídeo, live, podcast, eBook, etc. Muitas vezes o mesmo conteúdo pode ser disponibilizado em diferentes formatos (essa é uma dica que funciona muito bem).

Dica extra:
Não deixe de responder aos comentários das pessoas nas suas publicações, sejam elogios, críticas ou perguntas. Se não for possível responder todos em forma de “texto”, pelo menos curta os comentários. Isso mostrará que você se importa com o feedback recebido.

Facebok para empresas: Dicas para ajudar você a começar.

Facebook para empresas - dicas

O Facebook já deixou claro que cada vez mais dará prioridade para a conexão entre pessoas na rede. Portanto, é impossível falar em Facebook para empresas sem considerar investimento financeiro. Dá mesma forma que existe a mídia paga (banners, Google Adwords, comparadores de preços, etc.), hoje é preciso considerar na verba de marketing a mídia social paga. O alcance orgânico das fanpages tende a ser ZERO (em alguns casos já é).

Mas para atingir sucesso mesmo pagando, o seu conteúdo precisa realmente ser muito bom, do contrário, ele será apenas mais um ruído em meio a tantas empresas disputando a atenção das pessoas. Algumas dicas práticas para ajudar você a vender pelo Facebook:

– Tenha paciência. Nada acontece da noite para o dia;

– Defina sua persona antes de criar os conteúdos;

– Invista em formatos de conteúdo adequados para a sua persona (texto, vídeo, live, foto, eBook, entre outros);

– Teste diferentes dias e horários de posts;

– Tenha sempre um cronograma de postagem e mantenha a frequência;

– Analise os resultados obtidos e pause o que não está dando certo;

– Ao identificar um formato mais adequado de conteúdo, invista em conteúdos diferentes neste mesmo formato e veja se a aceitação continuará sendo boa;

– Lembre-se: as pessoas não querem comprar nada no Facebook. Não tente forçar uma venda. Ofereça conteúdo informativo e de entretenimento e aproveite as oportunidades mais adequadas para “vender”;

– ao criar um anúncio no Facebook, considere principalmente esses três fatores: imagem, segmentação e copy (o que você diz no anúncio).

Afinal de contas, quando vender no Facebook?

É claro que toda empresa tem como finalidade gerar lucro. E isso é possível através das redes sociais. Mas o caminho é um pouco diferente do que aquele bom e velho vendedor que bate de porta em porta!

Veja um exemplo de como vender pelo Facebook:

Um dentista pode realizar uma live do tipo “perguntas e respostas”, ajudando as pessoas que têm diferentes dúvidas sobre tratamento odontológico. Ao final da live, obviamente nem todas as perguntas terão sido respondidas, e mesmo as pessoas que tiveram suas dúvidas sanadas poderão ter outras dúvidas. É aí que se converte um simples espectador da live num paciente em potencial. E como? Disponibilizando um link onde as pessoas possam enviar mais questões para o dentista responder posteriormente. Neste momento, se ganha o contato (e-mail e fone) dessas pessoas para um futuro trabalho de relacionamento, até que chegue a hora da venda.

Em geral, é através de relacionamento que se alcançará um resultado de retorno em vendas pelo Facebook, mas é claro que campanhas de anúncios diretos, dependendo do tipo de produto ou serviço, podem gerar resultados mais rápidos. Aqui na Muito Mais Digital já tivemos alguns cases de sucesso, dentre eles, o de um auto center que criou uma campanha de anúncios segmentada e conseguiu um excelente retorno com a venda de pneus. Essa foi uma campanha de resposta direta.

Facebook versus Google Adwords

Esse é outro tema a ser desmistificado. Não existe um OU outro. Acredito que uma estratégia de marketing completa deve englobar ações tanto no Facebook, quanto no Adwords. Se no Facebook você pode atingir um público determinado através da segmentação de um perfil, no Adwords você tem a possibilidade de expor a sua marca para pessoas que demonstrem um interesse específico e que estejam procurando por alguma solução.

Diversifique sua verba de marketing e não fique refém, seja do Facebook ou do Google!

Comece sua estratégia de Facebook agora!

Estratégia para empresas no Facebook

Sabendo que as coisas não acontecem da noite para o dia, quanto antes você começar a investir, mais rápido virão os resultados. Conte com nossa expertise para ajudar a sua empresa com estratégias de marketing digital eficazes. Entre em contato e vamos conversar!

Felipe Carvalho

Felipe Carvalho

Bacharel em Comunicação Social - Habilitação em Publicidade e Propaganda, pela PUC-PR. Certificado avançado em Google Adwords (pesquisa, display, shopping, vídeo e apps). Certificado em Inbound Marketing e RD Station, pela Resultados Digitais. Atua no mercado de marketing há mais de 10 anos, com foco em search marketing desde 2010.

Ligue Agora