+55 41 3042.0444 | +55 41 3287.4955 | +55 41 98501.7891

41 3042.0444 | 41 3287.4955 | 41 98501.7891

marketing digital como você nunca viu.

Botão Menu - Muito Mais Digital

Tendências do marketing digital para 2018. O que vai funcionar!

As tendências do marketing digital para 2018 não fogem muito àquilo que já vem sendo feito nos últimos anos. O marketing de busca (SEO e Adwords) ainda figura como uma das principais formas de aquisição de leads, com excelente custo-benefício. Outro destaque é para o Inbound Marketing, que cresceu muito nos últimos anos e já é visto como estratégia indispensável para conectar todas as ações de marketing online.

Confira nesse post um pouco mais sobre tudo que é tendência para 2018… Só não vale pensar que nada disso serve para você e negligenciar o investimento em marketing digital, pois se você fizer isso sua empresa pode desaparecer!

As tendências de marketing para 2018

Tendência do marketing digital para 2018 - Automação

Investir em automação é cada vez mais uma realidade acessível para empresas de pequeno e médio porte. Em qualquer tipo de ação planejada é possível automatizar processos e ganhar em performance e resultados. Por exemplo: hoje é possível criar ações automáticas em campanhas de e-mail marketing a partir de ações dos destinatários. Se clicou num link, abriu o e-mail, ignorou a campanha depois de X horas e assim por diante. Tudo permite a criação de ações automáticas que se bem planejadas poupam tempo e aumentam as possibilidades de conversão.

Quer saber o que vai ajudar a sua empresa a faturar mais em 2018? Aí vai uma listinha que você deve considerar com carinho!

– Site mobile/responsivo

– Marketing de Busca (SEO e Adwords);

– Inbound Marketing;

– Redes Sociais;

– E-mail marketing;

– Remarketing;

– Chatbot;

– Market place (se você é um e-commerce ou vende produtos).

Site mobile/responsivo

Isso é primordial. Os números de acessos via dispositivos móveis só crescem. Sites que não tenham versão mobile irão sofrer cada vez mais em dois quesitos: a rejeição dos usuários e a punição no ranking do Google.

A rejeição dos usuários é uma questão relacionada com a experiência de navegação no site. Quem acessa via smartphone espera encontrar um site que se adapte à sua tela e seja agradável de navegar. Já a punição no ranking do Google será uma consequência de um site com experiência de navegação ruim, já que o Google prioriza os seus usuários e espera oferecer para eles as melhores opções.

Marketing de Busca (SEO e Adwords)

Não é de hoje que sabemos que o Google é a grande lista telefônica da década de 90. Tudo que as pessoas querem elas procuram no Google, Youtube, etc. Quem não investir para estar bem posicionado nos resultados pagos e orgânicos não será visto e, automaticamente, não será lembrado. Adwords e SEO são formas de aquisição de tráfego diferentes e complementares.

>> Saiba aqui as diferenças entre SEO e Adwords

Tenha em mente que para ambos os casos você precisará investir num profissional qualificado, que tenha os conhecimentos específicos. Não embarque nesses pacotes furados de R$ 99,90 por mês para o seu site “se destacar” no Google. Quase nunca isso dá certo (você só gasta dinheiro e se frustra).

Inbound Marketing

Tendência do marketing digital para 2018 - Inbound Marketing

Atrair, converter, relacionar, vender e analisar. Essas são as etapas mais comuns de uma estratégia de Inbound Marketing. Ao contrário do que muita gente pensa, o Inbound não é só marketing de conteúdo. O objetivo do marketing inbound é converter simples visitantes de um site em leads e relacionar-se com eles de acordo com os interesses comuns, de forma a conduzi-los da melhor maneira para uma conversão (compra de um produto, contratação de um serviço, etc).

O Inbound só irá funcionar com alguns canais de aquisição de tráfego rodando e gerando visitantes para o site, por isso, investir em Inbound Marketing significa investir também em outras estratégias de marketing digital, como marketing de busca, redes sociais, etc.

>> Quer saber mais sobre Inbound Marketing? Leia esse post super completo!

Redes Sociais

Ainda é muito difícil falar em redes sociais, e cada vez ficará mais complicado. Por um lado existem centenas de milhares de pessoas ganhando dinheiro através das redes sociais, e do outro estão as empresas que querem vender a qualquer custo. Mas temos que separar essa análise para entender melhor como isso funciona!

Pessoas que ganham dinheiro através das redes sociais muitas vezes fazem isso de forma pessoal, através de seus perfis e contando com a ajuda de amigos. Isso é o famoso boca a boca sendo mediado por uma rede (Facebook, Instagram, Youtube, etc). Já as empresas que possuem uma página (fanpage) precisam se aproximar de pessoas e convence-las a tornarem-se suas seguidoras/fãs. Esse é um processo diferente, pois é preciso ganhar a confiança dessas pessoas e mostrar que você é autoridade num determinado assunto e só depois de um certo tempo é que se deve pensar em vender algo.

Se é que existe um protocolo a ser seguido, acredito que ele comece com a atração de seguidores para a sua página, o relacionamento com eles – através de conteúdos que sejam relevantes – e a oferta discreta e nada invasiva dos produtos ou serviços da empresa, de forma que pareça natural e até mesmo prazerosa para quem está sendo impactado pela mensagem.

Esse post do nosso blog pode esclarecer um pouco mais a visão que temos sobre marketing nas redes sociais:

>> Saiba como vender pelo Facebook quando ninguém quer comprar (apenas se informar e se divertir)

E-mail marketing

Ao contrário do que muita gente diz por aí, o e-mail marketing não morreu. O que não funciona – e faz tempo – é o spam. Mas enviar campanhas de forma segmentada para uma lista que deixou claro que tem o interesse em se relacionar com você é um dos investimento com o melhor ROI (retorno sobre o investimento).

Experimente segmentar suas listas de e-mail e enviar campanhas diretamente relacionadas com o interesse das pessoas. Suas taxas de abertura, cliques e conversões irão surpreender!

Remarketing

Essa é uma estratégia que vem sendo muito utilizada, mas que as vezes é falha no momento da configuração. O remarketing deve ser direcionado somente para o usuário que não completou uma ação específica no seu site, como o envio de um pedido de orçamento ou a compra de um produto.

Através de remarketing é possível impactar novamente grupos segmentados de potenciais clientes e “pedir uma nova chance”. Muitas das vezes, as ações de remarketing vêm acompanhadas de cupons de desconto, brindes, etc.

Chatbot

Tendência do marketing digital para 2018 - Chatbot

Isso é uma novidade para empresas de pequeno e médio porte. Ações de automação estão se popularizando e ficando viáveis financeiramente para quem não tem verbas astronômicas de marketing.

Com o chatbot é possível programar simples respostas automáticas em chats de sites ou até mesmo apresentar as soluções de acordo com a necessidade apontada por um usuário. E o   melhor: esse “funcionário” virtual pode trabalhar 24 horas por dia, 7 dias por semana!

Market Place

Se você é um e-commerce ou vende produtos (em lojas físicas, porta a porta, etc) o Market Place pode ser uma excelente oportunidade para ampliar as suas vendas. Vender através do Market Place significa disponibilizar seu produto nos grandes varejistas da internet (Americanas, Submarino, Walmart, Ponto Frio, Casa Bahia, Magazine Luiza, e por aí vai).

Você precisa saber primeiro se o seu produto está qualificado para ser vendido através dos Market Places e se a comissão que ficará para esses sites não “roubará” toda sua margem de lucro. Mas se for viável para a sua empresa, o Market Place é um canal recomendadíssimo para quem quer vender pela internet.

Comece a investir antes que o ano acabe!

Deixe de lado o medo, a desconfiança ou as velhas desculpas e comece a investir o mais rápido possível em marketing digital. Quanto mais tempo você demorar para começar, mais terá que investir e que esperar para ver resultados consolidados.

Se precisar de uma ajuda para entender o que pode ser útil para a sua empresa, venha conversar com a gente.

>> Entre em contato por aqui!!!

Felipe Carvalho

Felipe Carvalho

Bacharel em Comunicação Social - Habilitação em Publicidade e Propaganda, pela PUC-PR. Certificado avançado em Google Adwords (pesquisa, display, shopping, vídeo e apps). Certificado em Inbound Marketing e RD Station, pela Resultados Digitais. Atua no mercado de marketing há mais de 10 anos, com foco em search marketing desde 2010.

Ligue Agora